segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

FLORIPA TEM, MAS ACABOU!

Então...o fim de semana que passou foi para se despedir do Floripa Tem e, pelo menos, nossa turminha, se despediu muito bem já lamentando a ausência de um evento como este por mais tempo na cidade.
O Floripa Tem é uma iniciativa do Grupo RBS, acontece durante o mês de janeiro e dá de graça vários eventos para a comunidade: desde Tai shi, ginástica, massagem até passeios ecológicos, competições esportivas e música.
E foi no item música que este ano o evento inovou com classe.
Paula Borges, minha querida amiga, criou o espaço para a música da ilha e deu uma grande bola dentro. A respercussão foi maravilhosa, grandiosa mesmo. Com embaixadas na beira mar e na célula as bandas da ilha se revesaram em show que atrairam público e fez ressurgir aquela velha discussão: por que a prefeitura não incentiva esse tipo de evento??? Enfim...
No último fim de semana mais duas tacadas de mestre da paulinha: trocou o DJ da praia mole pelos shows das bandas John Bala Jones e Iriê. A praia lotou...foi um delírio. No domingo na embaixada da Brava Tijuquera abriu para Zeca Baleiro em uma tarde que a praia brava simplesmente ficou impraticável. Era muita gente, mas muita gente mesmo!
O evento acabou com uma festa para funcionários, colaboradores e participantes do evento e rolou até a madrugada na Brava.
Nós: eu, Mauricio Peixoto, Paula Borges e Ariela...ficamos até o fim. Criamos a mesa da preguiça e várias milhares de teorias... e ficam aí sugestões para a turma do Floripa Tem: o evento de verão tem que durar mais, pelo menos 2 meses; a embaixada da praia mole pode ser mais um espaço para música ao fim de tarde e temos que ter URGENTE um evento assim para outono, inverno e pimavera. Precisamos disso!!!!
Valeu o fim de semana, valeram as companhias...e vamos que a semana promete mais!!!!

4 comentários:

paulaborgeslins disse...

Adorooo.

mauricio disse...

Agora que lembrei q na primeira edição do Floripa Tem eu dizia que devia se chamar Floripa Não Tem, pq só tinha artista de fora, ou seja, parecia q aqui não tinha nada e se tinha q importar os shows pra poder fazer o evento. que bom as coisas estão mudando... aaa, o Dário foi intimado na Câmara de Vereadores quando apresentava sua mensagem anual, relativo às sessões extras da câmara. Tadinho.

Ligia Gastaldi disse...

É fiquei com pena também...kkkkk...

paulaborgeslins disse...

Mauricio, na primeira edição eu nao tava. Fiz a 2 e a 3 ... VIU como as coisas mudaram ... ainda vai mudar mais. e tenho dito. Obrigada