domingo, 8 de maio de 2011

Roberta Sá e sua Reza musical!!!!

Acabei de chegar de um dos mais belos shows que já tive o prazer de ver: Roberta Sá - "Quando o canto é reza!"
Nome apropriado porque aquilo foi uma reza à qualidade, talento e uma voz impecável!
Quando as luzes do Teatro do Centro de Eventos da UFSC se apagaram, as cortinas fechadas e uma voz, à capela, enche o ambiente! Roberta Sá começa a cantar e em seguida é acompanhada por um vilão....as cortinas se abrem e estão lá os músicos.
Foto: Lisandra Nienkoetter

Quando ela entra, vestida de branco, com um anel em cada mão em formato de flor o ambiente passa a ser dela. E a partir daí foi um desfile de violões, percussão e uma voz forte e afinadíssima.
Quando o canto é reza é uma homenagem ao compositor Roque Ferreira e que belas canções!
Letras assim:
(...)"O amor tem essa história
Se bate já quer entrar
Se entra não quer sair
Ninguém sabe explicar
O meu amor é passarinheiro
Ele só quer passarinhar
Seu beijo é um alçapão
Seu abraço é uma gaiola
Que prende meu coração(...)"
                                  [Água da minha sede/Roque ferreira e Dudu Nobre]


Todas as músicas ganharam os arranjos poderosos dos músicos do Trio Madeira: Marcello Gonçalves, Zé Paulo Becker e Ronaldo do Bandolim.O disco foi fruto de três anos de pesquisas de Roberta Sá e do Trio Madeira Brasil, com produção de Pedro Luís e direção musical de Marcello Gonçalves. É uma mistura de ritmos brasileiros: afoxé, candomblé, Coco, Maxixe, samba...simplesmente maravilhoso!
O show ainda ganha o reforço de dois percussionistas o que faz ficar ainda mais pulsante.
A parceria com Roque Ferreira começou em 2004, quando Roberta estava lançando seu primeiro trabalho. Logo, logo ela pediu uma música ao compositor que lhe mandou várias e assim nasceu o embrião do que viria a ser, mais tarde, o terceiro trabalho de Roberta.

No show em Floripa ela mostrou o repertorio desse belo trabalho. Com um jeito moleca e sabendo muito bem como dominar um palco. Roberta dança brincando com os ritmos e quebradas dos arranjos. Sabe explorar a expressão das mãos e na música é simplesmente perfeita.

Foto: Lisandra Nienkoetter

A noite acabou com todos de pé dançando ao ritmo delicioso da música de Roberta Sá e o Trio Madeira.
Coisa boa poder ter o prazer de viver uma emoção assim.
Obrigada Eveline Orth pelo carinho de sempre e pelo profissionalismo mesmo quando tudo nesta cidade joga contra a produção cultural vc e sua equipe resitem, para nosso bem!!!!!

Em tempo: Roberta Sá é casada com Pedro Luis, do Monobloco que um dia antes arrasou no Floripa Music Hall. Eu não consegui chegar, mas Pedro Leite, Fabiano Marques me fizeram relatos que deixam claro que o show do monobloco, com 3 horas de duração, foi outro momento lindo. Com som perfeito e aquela batucada contagiante. Mais uma produção de Orth Produções. E se preparem porque vem uma lista de outros shows por aí a começar por Ana Carolina...já estou em concentração, porque não há nada melhor do que se banhar de boa música pra encher nossa alma de energia boa!
Salve!!!!!

2 comentários:

Maria Luiza Sumienski disse...

Ligia, amei seu blog!! Seus comentários dizem tudo... Parabéns!
Estarei sempre do olho nas suas publicações. Beijos

Ligia Gastaldi disse...

Valeu Maria Luiza...seja muito bem vinda!!! Bj