quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

HOJE; PROJETO ROCK PARA AJUDAR "OS BERBIGÃO"!!! VAMOS LÁ CACALHADA!!!!

E o carnaval acabou mas a gente continua fazendo festa!
Hoje tem Projeto Rock no John Bull. Esta edição é em prol da banda Os Berbigão. Explico por que: há um mês o Estúdio Porão, do Guitarrista da banda, o Helinho, incendiou literalmente e a banda acabou perdendo vários equipamentos. Então a bilheteria de hoje vai servir para ajudar a recuperar parte destes equipamentos.
Vamos lá ajudar e de quebra curtir uma bela noite de rock'n'roll...



domingo, 22 de fevereiro de 2009

Filosofando...de novo!!!!

O momento:

Viver, Amar, Valeu - Gonzaga Jr.

Quando a atitude de viver
É uma extensão do coração
É muito mais que um prazer
É toda carga da emoção
Que era o encontro com o sonho
Que só pintava no horizonte
E, de repente, diz presente
Sorri e beija a nossa fronte
E abraça e arrebenta a gente
É bom dizer viver, valeu
Ah! já não é nem mais alegria
Já não é nem felicidade
É tudo aquilo num sol riso
É tudo aquilo que é preciso
É tudo aquilo paraíso
Não há palavra que explique
É só dizer viver, valeu
Ah! eu me ofereço esse momento
Que não tem paga e nem tem preço
Essa magia eu reconheço
Aqui está a minha sorte
Me descobrir tão fraco e forte
Me descobrir tão sal e doce
E o que era amargo acabou-se
É bom dizer viver, valeu
É bom dizer amar, valeu.
Amar, valeu.

[Sábado de carnaval em casa. Um silêncio necessário para repor a energia.
Do carnaval gosto da alegria. É sempre o que fica. Histórias e momentos para lembrar. Boas risadas e amigos divertidos. Essa é receita da vida que nos faz melhor a cada dia.
E a vida tá muito boa...salve, meu ano começa agora hehehehehe....]

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

O Teatro Mágico


Ouvindo "O Teatro Mágico"...ainda quero ver esses caras ao vivo. Paulinhaaaaaaa, te agiliza ahahahaha....

"Ana aproveitava os carinhos do mundo
os quatro elementos de tudo
deitada diante do mar
que apaixonado entregava as conchas mais belas
tesouros de barcos e velas
que o tempo não deixou voltar
onde já se viu o mar apaixonado por uma menina
quem já conseguiu combinar o amor?
por que que o mar não se apaixona por uma lagoa?
porque a gente nunca sabe de quem vai gostar"

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

E viva a Distração!!!!


Esta madrugada está para uma música de Zélia Duncan em parceria com Christiaan Oyens.
Vou lançar uma campanha: vamos ser mais distraidos e menos precavidos!!!!
Prá que se encolher ou ficar cheio de dedos com situações que nem sabemos o que vai acontecer???
Proteção demais faz a gente evitar emoções que poderiam ser uma descoberta surpreendente!!!

DISTRAÇÃO

Se vc não se distrai

o amor não chega

a sua música não toca
o acaso vira espera e sufoca

a alegria vira ansiedade

e quebra o encanto doce de te surpreender de verdade

se vc não se distrai a estrela não cai
o elevador não chega
e as horas não passam
o dia não nasce
a lua não cresce

a paixão vira peste

o abraço a armadilha

Hoje eu vou brincar de ser criança
e nessa dança
quero encontrar vc
distraido querido

perdido em muitos sorrisos

sem nenhuma razão de ser


Se vc não se distrai

não descobre uma nova trilha

não dá um passeio

não ri de vc mesmo

a vida fica mais dura

o tempo passa doendo

e qualquer trovão mete medo
se vc está sempre temendo a furia da tempestade

Hoje eu vou brincar de ser criança
e nessa dança

quero encontrar vc

distraido querido

perdido em muitos sorrisos

sem nenhuma razão de ser


olhando o céu
chutando lata
e assoviando Beatles na praça

olhando o céu

chutando lata

Hoje eu quero encontrar vc.

Por isso eu amo música!!!

sábado, 14 de fevereiro de 2009

UMA LIÇÃO DE JORNALISMO!!!!

Então...continuando a dar vazão às discussões e comentarios no evento na casa da Paulinha, papo vai, papo vem, o Marcinho comentou sobre uma entrevista do Rodrigo Amarante (Los Hermanos) a um reporter em que o mesmo insistia numa pergunta burra e o Amarante acabou com o cara dando uma resposta maravilhosa.
Chegando em casa lá fui eu ver a tal da entrevista.
Não me contive. Fui obrigada a transcrever aqui o feito.
Na boa, sou jornalista há muitos anos e muitas vezes entrevistei pessoas que eu conhecia pouco o trabalho. Além de me informar, eu não tinha vergonha de falar antes com a pessoa e dizer a real. Tirar minhas dúvidas antes de começar a entrevista propriamente dita.Não que eu já não tenha errado... mas tudo tem limite. Ninguém é obrigado a saber de tudo, mas deve-se ter a obrigação da sinceridade com a informação. Esse rapaz se passou.
se vcs tiverem paciência leiam. Ou então busquem no YouTube por Amarante e o reporter. Vcs vão assistir a maior aula de jornalismo na história. O Amarante foi perfeito.
Aí vai a transcrição.
Reporter -Vocês são sempre lembrados por Ana Júlia, né?
Amarante -Nem sempre.
Reporter -isso incomoda vcs por sempre serem sempre lembrados por Ana Júlia?
Amarante - Não porque nem sempre.
(Ele insiste)
Reporter - Porque sempre quando tem Ana Julia tem referência Los hermanos... Ana Júlia.
Amarante - Hã??????
Reporter - Sempre tem essa relação: Ana Julia...Los Hermanos.
Amarante -É uma música nossa né? Por isso tem a relação. Vc queria saber o que mesmo??????
(dãããã...aqui ele deveria ter recolhido seu microfone e pedido desculpas...ahahaha)
Reporter -Não, essa coisa, assim, se incomoda vcs ser sempre lembrados por Ana Júlia.
Amarante - Não porque não é sempre que a gente é lembrado por Ana Julia.Vc vai ver hoje a gente não vai tocar Ana Julia e vc vai ver.
Reporter -Mas sempre a galera pede.
Amarante - Não.
Reporter - Não pede?
Amarante -Vc já viu o show dos Los Hermanos?
Reporter - Não.
Amarante - Ahh...(pausa incrédulo) e esse "sempre" vem da onde?
Reporter -Não, porque eu li.
Amarante - Ahhhhh...(mais incrédulo ainda)
Reporter -Mas pelo jeito incomoda...
(ele insiste de novo?????Aí vem a aula)
Amarante -Não. O que incomoda é o jornalismo, como é que vou dizer , preguiçoso assim de não saber o que perguntar e perguntar qualquer coisa. Ahhh incomoda...é o jornalismo baseado na polêmica sabe, é muito comum hoje em dia a polêmica ser a tônica do jornalismo como se o papel do jornalista fosse descobrir um ponto fraco, uma coisa assim. Eu, particularmente acho, que o trabalho do jornalista é um trabalho muito importante é assim como o trabalho de uma pessoa pública do governo, do Estado tem uma responsabilidade, tem um papel importante não é? As pessoa lêem ou ouvem o que vcs fazem e tomam como verdade, como uma coisa que é feita com critério e isso influencia a opinião das pessoas por aí, então esse tipo de pergunta, assim, leviana sem a profundidade acaba levando as pessoas a ter uma impressão errada que é essa de que incomoda a gente Ana Julia, pelo contrário, a gente adora a música, tem tocado em muitos festivais, nunca tivemos problema com isso. Só que é comum no Brasil as pessoas acharem que fazer sucesso é uma coisa ruim, negativa: ahh não, faz sucesso então não deve ser bom. Isso é uma ingenuidade tanto da imprensa quanto das pessoas em achar que se tornar público ou ser muito conhecido é uma coisa ruim. Acho que é ruim prá quem é fraco e tem medo de perder isso. A gente nunca teve isso, a gente faz música com o coração da forma que a gente sabe fazer. Então, Ana Júlia foi feita da mesma forma, a gente adora a música. As pessoas se incomodam é com a gente ter feito sucesso isso sim.
(Aí ele se perde de vez. tenta explicar...)
Reporter - Não, a minha pergunta, assim, não tem nada contra, nunca assisti a um show, mas é pelo fato de eu já ter lido sobre isso.
Amarante-Eu acho que vc leu pouco. Desculpe a sinceridade.

Minha nossa...errar é humano eu sei, mas insistir no erro é burrice e o cara insistiu muito no erro. E no final o Amarante ainda pede desculpa pela sinceridade...ele devia estar muito calmo...caraca!!!!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Pecado...hã????...pecado?????

Quem é que disse que os SETE pecados capitais são "pecados"??? Esta foi a conclusão que eu e Raquel chegamos em meio a goles de cerveja e boas risadas com amigos...afinal quem inventou isso?
Bom vamos lá (quero ver lembrar de todos porque ontem foi um sacrifício compartilhado entre amigos)

Os pecados
1- Avareza - esse é pecado mesmo. Nada a ver ser pão duro. Economizar tudo bem...mas fechar a mão não dá né?
2-Inveja - não me venha com inveja "branca" inveja é inveja de todo modo e não é legal: é pecado.
3- Ira - pecadão...só faz mal a gente.
4-Cobiça - me soa a inveja...é pecado

Os que não são pecados mas estão na lista dos pecados
5-preguiça - nada a ver com pecado. Vai dizer que ficar o dia inteiro descansando agora é pecado? Como bem disse Maurício "esse deve ter sido inventando pelo dono de alguma empresa".
6-gula - ahhh isso nunca. Imagina vc se deparar com um carreteiro maravilhoso feito por Luana Laus e dizer: não vou comer demais. Isso não existe.
7- luxúria - mas isso não é pecado mesmooooo! Quem inventou isso deve ser uma pessoa muito mal resolvida.

Portanto esse conceito de pecado é muito relativo. Pecado é coisa de doido do mal (ou mau) vixi deu branco...que pecado!

Me desculpem mas nós pecamos ontem porque ouvimos as novas músicas da Tijuquera em um cd demo que o marcinho levou prá festa e que eu tentei cometer o pecado de roubar mas não fui feliz...desculpa aí...mas a gente ouviu....ahahahaha

se quiserem ler mais sobre, o blog da Raquel ali linkado ao lado tem mais. Sube que ela acabou de postar sobre o assunto. esse foi mais um pecado nosso: combinar o post do dia...ahahahaha

Beijos Raquel e a toda turminha que estava presente na night de ontem!

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Novo Single da Aerocirco...ebaaaaa!!!!!


Acabei de receber por e-mail a nova música da banda Aerocirco. (obrigada Maurício hehehe).
Sou suspeitíssima, mas é por isso que amo esses meninos: só fazem coisa boa.
A música é muito linda, com um astral maravilhoso apesar de falar de um fim.
Composição do Fábio Della. Mais uma daquelas letras poderosas.
O single vai ser lançado em um show no próximo dia 14 de fevereiro na Célula com abertura da banda paranaense Terminal Guadalupe. Imperdivel.
Para os fãs, a partir de amanhã, a música vai estar disponivel para ouvir no site da banda
www.aerocirco.com.br
Depois vai estar disponível para download no panelavirtual.com.br com aquela famosa senha distribuida nos shows ou através de um pedido pelo e-mail contato@panelavirtual.com.br
Então fique esperto

Serviço Show
Lançamento do single "Não me leve a mal"
Aerocirco com abertura do Terminal Guadalupe
Data: 14/02/09, as 23h30
Local: Célula Cultural Mané Paulo - Rod. João Paulo, 75 - João Paulo
Ingressos antecipados na Guitarland, a 10 reais
Na hora: R$15.

Ficha Técnica Gravação
"Não me leve a mal" (Fábio Della)
Fábio Della - Guitarra e voz
Maurício Peixoto - Violão e backing vocal
Rafael Lange - baixo e backing vocal
Henrique Monteiro - bateria
Gravado no estúdio Lom Music em fevereiro de 2009
Mixagem e masterização: Fábio Della
Projeto Gráfico: Maurício Peixoto com ilustração de George Peixoto
Distribuição: Panela Virtual

sábado, 7 de fevereiro de 2009

LOS HERMANIANDO


Saudades de ver esses caras no palco!
Marcelo Camelo e suas letras fantásticas...admiro a competência deste compositor de falar tanto pelos olhos do homem quanto da mulher.
Costumo brincar que o primeiro CD foi o que sobrou de um belo pé na bunda que ele deve ter levado. É como eu digo: tudo tem seu lado positivo...rsrsrsrs...
E essa é a minha única frustração das épocas de reporter:não ter tido a oportunidade de entrevistá-lo.
Dá vontade de colocar todas as letras aqui...mas não dá!!!

"Faz parte desse jogo dizer ao mundo todo que só conhece seu quinhão ruim É simples desse jeito quando se encolhe o peito e finje não haver competição É a solução de quem não quer perder aquilo já tem e fecha a mão prá o que há de vir" [cara estranho/marcelo camelo]
*********************************************************************
"Olha lá quem acha que perder é ser menor na vida Olha lá quem sempre quer vitória e perde a glória de chorar. "[o vencedor/marcelo camelo] **********************************************************************

Rodrigo Amarante também tem suas pérolas...

"Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é para te seduzir e te ver buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente. Se ela fosse direta, você a rejeitaria." [Sentimental/Rodrigo Amarante]

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

meme

Uma brincadeira...vamos a ela!

Fui indicada a escrever o "meme selo" e depois tenho que passar adiante. Como bem lembrou a Fabiana que me indicou, isso parece aquele caderninho com milhôx de perguntas que a gente entregava para os amigos para que eles respondessem e assim a gente se conhecia melhor, sabia mais daquele gatinho....rsrsrs....muito boa essa época.

Então vamos a brincadeira.

As regras
- colocar o link de quem te indicou no meme selo, no teu blog;
- escrever essas 5 regras antes de seu meme para deixar a brincadeira mais clara;
- contar seis fatos aleatórios sobre você (essa é a proposta da brincadeira);
- indicar seis blogueiros para continuar a brincadeira;
- avisar esses blogueiros que eles foram indicados.

1- Eu amo viver! Gosto de aproveitar cada segundo da minha vida. Estou sempre me questionando e me observando. Sou otimista. Acredito que tudo que acontece tem uma razão: nada acontece por acaso. Encaro meus problemas (todos nós temos) com um sorriso no rosto.
Pode tudo estar caindo...eu sei que vai melhorar. E melhora hehehehe....adoro sair com amigos, fazer novos amigos, me divertir. Acho que a vida é um presente para nossa alma, porque é vivendo que ela cresce e evolui e faz da gente um ser melhor. E como é bom crescer, amadurecer.

2- Respeito a liberdade! Isso prá mim é fundamental. Em todas as relações da minha vida, sempre respeitei a liberdade: minha e do outro. Não gosto de relações doentias, de dependência, isso não dá certo.

3-Amo Música! E foi por causa desse amor que resolvi ser jornalista, afinal, se não tenho talento para fazer música queria falar sobre esta arte sublime. Quando ainda nem tinha decidido o que iria estudar vim morar em Floripa com meus irmão para estudar, fazer cursinho e me prapar para a universidade. Foi aí que comecei a ir nos shows que pintavam por aqui. Acabei conhecendo outras meninas iguais a mim: loucas por música e nós queríamos chegar perto doas artistas mas sem aquela história de tiete histérica. A gente queria conversar, entender porque compunham tal música etc...foi aí que bolamos um plano: vamos fazer entrevistas com os caras. E lá fomos nós na cara de pau. Um dia antes dos shows a gente começava a garimpar os hotéis para saber onde se hospedariam e aí ligávamos, falávamos com o empresário e marcávamos entrevistas. Sempre conseguíamos...era fácil. E aí tinhamos uma, duas horas de papo exclusivo. A gente dizia que era trabalho da escola rsrsrsrs....numa dessas entrevistas e desta vez com o Roupa Nova o baterista, Serginho, me perguntou que profissão eu iria seguir. Respondi: bioquímica (achava lindo aquele negócio de tubinhos...ahahahaha). Aí ele falou: "O que bioquímica? Vc tem que estudar jornalismo, vc tem o dom de perguntar" Foi aí que eu pensei por que não? Quando descobri que Jornalismo não tinha matemática, física e química não tive mais dúvidas. (Isso que eu queria ser bioquímica kkkkk). E aí aqui estou eu...veja só!
Hoje sou apaixonada pela música catarinense. Batalho pelo reconhecimento dos nossos artistas. Me emociono com cada conquista. Cansei de chorar de emoção em shows lotados, com a galera cantando. Ou ouvindo uma bela música e saber que é de um amigo meu. Todos eles fazem parte de uma forma muito especial da minha história. Viva Santa Catarina Porra!!!!!!!

4- Amo minha profissão - Tive a sorte de encontrar na minha profissão minha maior fonte de prazer. Aprendo muito com ela e minha melhor época de reporter foi quando fiz parte do Estudio SC e trabalhei com o melhor cinegrafista que já conheci: Edison Silva. Ele me ensinou muito e me levou a fazer minhas melhores matérias. A mais marcante foi ter subido em uma das torres da Ponte Hercílio Luz. Morro de medo de altura. Numa bela tarde, nós passando pela ponte o Edison fala "Ligia vamos fazer uma matéria diferente da ponte, vamos mostrá-la de um ângulo diferente?" Pensei...como? Mas já fui concordando porque não dá prá contrariar o Edison e quem o conhece sabe bem do que falo. Bom, dei força e aí veio a idéia: Vamos subir na torre, mostrar ela lá de cima...ui...eu concordei crente que nunca iriam nos deixar fazer uma loucura dessas. Fomos falar com os engenheiros que trabalham na recuperação dela e para minha total surpresa eles autorizaram na hora. Só tinhamos que ir de manhã e num dia que não tivesse vento. Esse dia chegou para meu terror e fomos...eu só cheguei até o fim porque tanto o Edison quanto o nosso auxiliar Marcos não me deixaram nem pensar em desistir. Foi uma experiência única...pensei que iria desmaiar lá em cima, mas pude curtir, apesar de trêmula, uma visão única e a matéria marcou minha carreira.
Essa foi apenas uma das minhas aventuras. Também caminhamos 100 km em 3 dias até Nova Trento nos caminhos de Madre Paulina...enfim...foi a melhor época na reportagem.
Hoje não estou mais no vídeo. Estou coordenando a TVCOM em SC. É um super desafio que também me deixa apixonada todos os dias, apesar das dificuldades.

5 -Não suporto traição.
E de qualquer tipo. Trair alguém é acima de tudo trair a si mesmo. Não que eu já não tenha sido traida...vixi...já fui e como! Mas como sou uma virgiana prática, jogo tudo na lata de lixo e deixo a vida seguir.

6- Não tenho TPM - ahahahahaha....na boa, nem sei o que é isso.
E deu...já escrevi bastante!!!!

Blogueiros que indico
Bebel
Alexandra Baldisseroto
Rose
Adriana Krauss
Cacá
Fabiano Marques




quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Letras!!!

Adoro letras de música!
Elas podem nos traduzir, fazer pensar, recontar nossa história, nos ensinar, nos colocar prá cima, lembrar momentos.
Costumo dizer que música é igual a perfume: tem o dom de nos levar de volta a momentos com uma eficiência absurda. Marcam épocas e acontecimentos. É mágico.
Hoje estava ouvindo uns cds antigos da Marina Lima (da época em que ela cantava rsrsrs) e me reencontrei com uma das letras que trago como uma das milhares da minha lista de preferidas.

EXTRAVIOS/Marina-Antônio Cícero

Eu sei que os extravios
São necessários sim
A necessária parte
Do meu caminho sozinho
Então não vou nem tentar
Prá que tentar fugir
Se existe algum fogo
Ou foco
Prá mim

Quando eu curto certas horas
O som da solidão
Não se preocupe não
E nem me procure uma cura
Sou íntimo do tempo
E ele se abre assim
E manda algum fogo
Ou foco
Prá mim

Então encoste esse ombro no meu braço
Ocasionalmente infiel
E faça-me sentir no seu abraço
Um pouco além
De algumas gotas de chanel

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

FLORIPA TEM, MAS ACABOU!

Então...o fim de semana que passou foi para se despedir do Floripa Tem e, pelo menos, nossa turminha, se despediu muito bem já lamentando a ausência de um evento como este por mais tempo na cidade.
O Floripa Tem é uma iniciativa do Grupo RBS, acontece durante o mês de janeiro e dá de graça vários eventos para a comunidade: desde Tai shi, ginástica, massagem até passeios ecológicos, competições esportivas e música.
E foi no item música que este ano o evento inovou com classe.
Paula Borges, minha querida amiga, criou o espaço para a música da ilha e deu uma grande bola dentro. A respercussão foi maravilhosa, grandiosa mesmo. Com embaixadas na beira mar e na célula as bandas da ilha se revesaram em show que atrairam público e fez ressurgir aquela velha discussão: por que a prefeitura não incentiva esse tipo de evento??? Enfim...
No último fim de semana mais duas tacadas de mestre da paulinha: trocou o DJ da praia mole pelos shows das bandas John Bala Jones e Iriê. A praia lotou...foi um delírio. No domingo na embaixada da Brava Tijuquera abriu para Zeca Baleiro em uma tarde que a praia brava simplesmente ficou impraticável. Era muita gente, mas muita gente mesmo!
O evento acabou com uma festa para funcionários, colaboradores e participantes do evento e rolou até a madrugada na Brava.
Nós: eu, Mauricio Peixoto, Paula Borges e Ariela...ficamos até o fim. Criamos a mesa da preguiça e várias milhares de teorias... e ficam aí sugestões para a turma do Floripa Tem: o evento de verão tem que durar mais, pelo menos 2 meses; a embaixada da praia mole pode ser mais um espaço para música ao fim de tarde e temos que ter URGENTE um evento assim para outono, inverno e pimavera. Precisamos disso!!!!
Valeu o fim de semana, valeram as companhias...e vamos que a semana promete mais!!!!