domingo, 25 de setembro de 2016

Orquestra de baterias de Florianópolis!



Temos a maior orquestra de baterias da América Latina!!!!
É nossa graças a um evento que só acontece pelo interesse e dedicação dos músicos Alexei Leão, Richard Bondan e Rafael Bastos, e pela produtora Paula Borges, da Harmonica Arte e Entretenimento.



A Orquestra de Baterias surgiu durante a Maratona Cultural. Foi um dos eventos da Maratona que mais encantou os organizadores e quem participou dele. Na época, foram pouco mais de 50 bateras e já mexeu com a emoção da galera.
A maratona acabou não acontecendo mais por falta de patrocínio e de visão cultural dos nossos políticos, mas a orquestra sobreviveu graças ao empenho e paixão do Alexei, Richard, Rafael e Paula e chega na quarta edição com 211 bateristas descendo a lenha em um repertório rock'n'roll na veia.
Hoje acontece no Largo da Catedral, mas logo, logo vai ter que mudar para um espaço maior!



Foi bonito de ver participantes de todas as idades, pais com filhos no colo, ou dividindo a bateria com eles.


 
 

211 baterias e todos acertando o passo mesmo sem ter feito um só ensaio juntos...loucura!
Quando os músicos se inscrevem recebem a lista das músicas, ensaiam sozinhos e aí vão pro abraço.

Tem uma banda de apoio que reúne vários músicos. Hoje estiveram lá os guitarristas: Hique D'Ávila, Oto Novaes, Maurício Peixoto, Thiago Born, Calone Metaleiro, Márcio Costa.
Os baixistas: Andrey Riley, Geraldo Borges, Baba Junior.
Os vocalistas: Rodrigo Peplau, Robson Dias, Duda Medeiros, Nelson Vianna, Dudu Fileti, Alexei Leão.
Os bateristas: Alexei leão, Rafael Bastos, Richard Bondan, Ginho Beardes, Andrey Riley, Hique D'Ávila, Oto Novaes.
O repertório da quarta edição estava no clima de Metallica, White Stripes, Led Zeppelin e de surpresa o hino de Floripa "Rancho de Amor a Ilha" na voz de Dudu Fileti.

 
 
Teve ainda a participação da banda da Polícia Militar de Santa Catarina!
 


Neste ano, a orquestra teve alguns apoios que contribuíram muito para diminuir os custos: Heineken e os food truks contribuíram com uma pequena quantia em dinheiro. Alguns participantes doaram uma grana, o instituto Maratona Cultural pagou as licenças na prefeitura e parte do som. A Atré fez assessoria de imprensa de graça e a Agência de publicidade Toró, do músico Mauricio Peixoto fez a campanha também de graça.


É uma união de forças que faz acontecer e isso é muito importante. Mas é bom lembrar que eventos assim deveriam também ter apoio da prefeitura. Cultura de graça é a construção da cidadania. Mas tá difícil de entenderem isso. Hoje estavam lá vários candidatos a prefeito, a vereadores e Alexei deu o recado: "não lembrem da gente só na hora que aparecer para pedir voto, lembrem depois também. "
É o que a gente espera e é o que vamos cobrar. Precisamos de eventos gratuitos, sem propina, sem aquele tipo de negociação nojenta. Precisamos de cultura, precisamos fazer nossos artistas circularem e aí é preciso sim de apoio limpo.
Vamos ficar de olho no voto turminha...temos a arma na mão!!! Não dá mais pra aceitar um prefeito ou prefeita que não aparece em eventos como este. Não dá mais pra aceitar a falta de sensibilidade com nossa cidade. E não dá pra aceitar oportunistas. Bora fazer a coisa séria. Começa por cada um e depois a gente cobra dos "políticos".

E só uma constatação: nossa cidade está abandonada não só na cultura, mas na cidadania também. Passando pela Deodoro fiquei impressionada com o dormitório a céu aberto que a região se tornou. Fora isso, muitos flanelinhas intimidando as pessoas, olha, fiquei realmente impressionada. Fazia tempo que não circulava em um domingo no centro na cidade. Tristeza!

Por isso eventos como a orquestra de Baterias são tão importantes!! Coloca VIDA na cidade.
Parabéns Alexei, Rafael, Richard e Paula. Vcs são maravilhosos no amor ao que fazem e que nosso futuro político traga pessoas com mais visão para que nossa cidade volte a ter eventos gratuitos como a maratona e muitos outros.

Em tempo: dá uma olhada lá na página da Sobretons Fotografia, no facebook. Já tem fotos lindas de hj lá. As minhas aqui são de celular e com uma qualidade bem duvidosa rsrsrsrs






Nenhum comentário: