domingo, 31 de julho de 2011

Orth Produções traz Vitor Ramil e Ricardo Moscardini em Délibád:um show magnífico!

Na última quinta feira fui assistir ao show de Vitor Ramil.  No repertório seu ultimo trabalho lançado "Délibád". Um trabalho que Vitor gravou em Buenos Aires ao lado de um grande músico argentino Carlos Moscardini e como toca esse cara!
Vitor conta que em uma das idas à Argentina ele comprou vários CDs de artistas do país e entre eles estava o trabalho de Carlos, gostou tanto que imaginou um dia gravar com o músico. E este momento chegou em Délibád, até porque o trabalho é exclusivamente de "milongas" ritmo considerado com José Luis Borges como a verdadeira música de Buenos Aires.
Para este trabalho Vitor musicou as milongas de José Luis Borges e João da Cunha Vargas.
No show, o repertório doi o CD. Somente milongas intercalando entre Borges e Vargas. Uma delícia ver Moscardini debulhando as cordas do violão e a voz de Vitor maravilhosa como sempre.
É o tipo de show que eleva o espirito!
Os dois cantaram, contaram história e claro, brincadeiras envolvendo argentinos e brasileiros, mas ainda bem que nem só de rivalidade vivem brasileiros e argentinos!!!! A música une!
Para quem quiser conhecer um pouco mais deste projeto deixo aqui um compacto do documentário que conta a história de Déliád!!!

domingo, 24 de julho de 2011

Sting - Love is Stronger than Justice

Hoje me reencontrei com este vídeo do Sting que amo. Faz parte de uma gravação que ele fez em 1993 intitulado "Ten Summoner's tales". Sting reuniu sua belíssima banda na sua "fazendinha" e gravou várias músicas, ao vivo, no seu estudio. Adoro filmagens assim...e esse pra mim é o melhor trabalho de Sting até hoje.

Entre as músicas a minha favorita é "Love is Stronger than Justice"...uma quebracera linda! O vídeo que vou deixar aqui não está em ótima qualidade, foi o melhorzinho que encontrei, mas dá pra sentir o clima da banda e o batera Vinnie Colaiuta quebrando tudo!
Se alguém souber onde encontro isso em DVD por favor me avise!!! Eu tinha em VHS, que se foi...to atrás desse video novamente!!!

domingo, 17 de julho de 2011

Quem vai dizer tchau...

Uma das letras mais lindas de Nando Reis!
Conheci esta música na voz da Tânia Maya, uma belíssima voz, mas essa versão do autor desta letra linda está perfeita!





(...)"A gente não percebe o amor
Que se perde aos poucos sem virar carinho.
Guardar lá dentro amor não impede,
Que ele empedre mesmo crendo-se infinito.
Tornar o amor real é expulsá-lo de você,
Prá que ele possa ser de alguém!(...)

sábado, 16 de julho de 2011

Meia Noite em Paris!!!!

Finalmente fui ver "Meia Noite em Paris" de Woody Allen. Que coisa linda!!!
Estive em Paris em 1996. Fiquei lá uma semana, andando muito à pé, conhecendo as ruas, os cafés, os jardins...e vendo o filme vejo que nada mudou. Fiquei com vontade de voltar lá...quem sabe né?

A história do filme é uma mistura de humor, fantasia, bela fotografia e aquele toque: o que estamos fazendo da vida? Amei!!!
Deixo aqui o trailler!!!
Para quem ainda não foi e curte um bom filme....recomendo!

domingo, 10 de julho de 2011

Música de Brinquedo do Pato Fu na Mostra de Cinema Inafntil!!



Incrível como a criatividade faz coisa!!!
Hoje fui ao show "Música de Brinquedo" da banda mineira "Pato Fu"! Que dádiva!



Lidar com o mundo da criança já é uma dádiva, porque o lúdico é aquilo que não tem explicação, simplesmente se sente!
E criança é assim: tem tiradas que nenhum adulto consegue mais ter. Tem a pureza, a ingenuidade, a praticidade!



O show "Música de Brinquedo" é isso: coloca brinquedos e bonecos no palco e daí a música é só um acessorio para todos nós deixarmos nossas emoções mandarem por aqueles minutos. Todo adulto volta a ser criança...não tem como ser diferente!

Pato Fu sempre surpreendeu com uma musicalidade e algumas experimentações que acabaram dando um carimbo ao trabalho da banda. E desta vez eles resolveram fazer algo diferente de tudo que já tinham feito. Com certeza, o nascimento de Nina, filha de John e Fernanda, teve total responsabilidade por isso. Do contato direto com os brinquedos nasceu a ideia de fazer um disco somente com instrumentos de brinquedo.
Sim, aquelas guitarrinhas de plástico, sax de plástico, bichinhos que emitem sons, tudo que se possa imaginar. Até um chaveirinho que faz barulho está no disco. Além disso usaram instrumentos que são utilizados para a misicalização infantil como flauta, xilofone, kalimba e escaleta. No palco além de tudo que foi usado na gravação uma galinha de plástico e o pogobol fizeram a festa.


Detalhes:baixo pequeno, bateria colorida, piano de criança rsrsrsrs

Bom, aí a banda pegou sucessos de várias épocas e fez o repertório: Frevo Mulher (zé ramalho), "Ovelha negra" (rita lee), "Live and Let Die" (paul maccartney), "Pelo Interfone" (Ritchie), "Rock and Roll Lullabay (barry mann e cynthia weil), Primavera (cassiano e silvio rachael), "Sonifera Ilha" (Titãs) e tantos outros. Todos tocados seriamente com instrumentos de brinquedo.
No disco os backings foram feitos por crianças: Nina Takai e Matheus D'Alessandro, mas no show os backings passaram a ser feitos pelos manipularores dos bonecos do Giramundo. E olha, roubaram a cena. No fundo do palco, no seu palco particular, os dois bonecos interpretavam as canções dançando, com coreografias, risadas...um toque de Muppet show, que ficou simplesmente divino. Lembrei na hora do meu irmão...ele iria adorar rsrsrs...



No cenário ainda vários João Bobos brancos....e os brinquedos espalhados. Um belíssimo show.
Parabéns à banda.
Saímos de lá eu, Marcelo Siqueira e Rosa, de alma leve e emocionados! Foi lindo!!!!



E aqui aproveito para deixar registrado meus parabéns à Luiza Lins e a toda a equipe da Mostra de cinema Infantil. Este ano foi comemorada a décima edição deste evento, que na minha opinião, é um dos mais lindos que acontecem em Florianópolis. Proporciona cinema de graça pra criançada. Movimenta um segmento que antes da Mostra não tinha nenhum incentivo. E para quem não sabe: a Mostra que é feita aqui hoje serve de exemplo nacional e é a maior responsável pelo aquecimento da produção de cinema infantil brasileiro. Isso é resultado de um trabalho levado muito a sério, com paixão, dedicação, amor e sinceridade! Neste ano a Mostra inaugurou também a mostra itinerante que leva filmes também para cidades do interior que nunca tiveram a chance de oferecer esse tipo de atração para suas crianças. De 25 mil espectadores passou-se a ter mais de 40 mil. Dá orgulho de ver isso acontecendo aqui. Acompanhei as 10 edições e a cada ano vejo o evento ficar mais profissional e sério. Mais uma vez Parabéns Luiza...o seu sonho gerou frutos!
E dar acesso a cultura para nossas crianças é garantir um futuro melhor. Acredito muito nisso!!!!
Até o próximo ano!!!! 

Vou deixar aqui um video que mostra um pouquinho desse show. E onde aparecem os bonecos que falo!!! 

sábado, 2 de julho de 2011

Noite Mané! Noite História na Célula!!!

Quando eu li o recado do Rafinha no facebook pensei: minha nossa isso é um "combo" mané. Pensei e comentei lá rsrsrs...mas pudera, em uma mesma noite: Odilio e Darci e seus "stand ups" e ainda shows com Gente da Terra e Grupo Engenho! Noite mais mané impossível!

Logo depois que soube, recebi um telefonema do "Tio Amaro" me convidando a apresentar o evento...imagina, né? Olha a honra!
E lá fui eu. Noite fria, chuva na ilha pensei: que pena, a celula vai estar vazia! Mas para minha total surpresa chegamos lá, eu e Eveline, e quase não encontramos lugar para estacionar! Célula simplesmente abarrotada. Foi dificil chegar no palco. Tão dificil que o Odilio entrou no palco antes que eu chegasse lá rsrsrs...
Foi uma noite linda!!!
Conhecço o Odilio, e seu criador Alceu, das participações dele no Jornal do Almoço, mas nunca tinha visto ele no palco e olha: ARRASOU! No fim, Alceu propôs que todos cantássemos o hino de Floripa: "Rancho de Amor a Ilha". Foi maravilhoso!!
Não é a toa que Odílio foi a inspiração para que outro mané da ilha criasse outro personagem o "Darci". Seu criador: Moriel, primo do Alceu.
Darci também deu um show...muita risada, minha nossa, cada vez melhor! E no fim o encontro dos dois no palco...risadas em dobro!
A Noite seguiu com o Grupo Gente da Terra que fez um showzaço! Banda afinadíssima e Rafinha comemorando sua volta a ilha da magia! Tio Amaro no comando da festa e como bem definiu Moriel: "esse cara não existe, é um trator de alegria" e é mesmo!!! E tinha música nova no repertório...será que vem aí novo CD da banda???? Já to torcendo muito por isso!
Para encerrar a noite um momento histórico: Grupo Engenho, em sua formação original, com Cristaldo, Chico, Marcelo, Alisson e  Cláudio  juntinhos no palco depois de 27 anos!!! sabe lá o que é isso?

Capa do primeiro vinil do grupo Engenho

Eu conheci o Engenho em 1980, quando cheguei em Floripa. Fui a muitos shows no auditorio da reitoria da UFSC, sim lá já foi teatro para shows! E foi emocionante ouvir as canções do jeitinho que as ouvia há mais de 30 anos: "Lua Mansa", "Força Madrinheira", "Barra da Lagoa", "Braço Forte" ... coisa boa vê-los no palco novamente! Espero ver esse show mais vezes!!!!
Coisa linda!
Parabéns ao Amaro pela iniciativa e por favor: repitam a dose!!!!