segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Zélia Duncan no Floripa Tem!!!

Os shows na embaixada da praia Brava, do Floripa Tem, tem o cheiro do mar. E isso faz toda a diferença.
Luzes, efeitos, cenários são substituidos pela luz do fim da tarde, a brisa do mar e a simplicidade do verão.
E música na beira do mar tem um sabor especial...e como tem!

                   Foto: Franco Rodrigues

No ultimo domingo quem foi na Brava foi brindado com um show maravilhoso de Zélia Duncan e banda.

                                 Foto: Franco Rodrigues      
                      
Eu conheci o trabalho de Zélia desde o primeiro lançamento da cantora quando ainda assinava Zélia Cristina. Em uma das minhas visitas às lojas de discos vi, ouvi o LP, gostei e comprei.
Depois disso fiquei um tempo sem saber de nada novo até que um dia vendo o Esporte Espetacular, na Rede Globo, vi uma materia que foi sonorizada com a música "Nos Lençois Desse Reggae". Reconheci a voz na hora. Inconfundível né? Fui atrás e descobri que ela, então, passou a assinar Zélia Duncan e tinha lançado um novo CD.
Daí prá frente acompanho o trabalho dela, porque a a Zélia é uma das cantoras que canta músicas que tem muito a ver comigo.
Sempre que tenho oportunidade de vê-la ao vivo lá estou eu me abastecendo de energia boa!


                   Foto: Ligia Gastaldi

No show da Brava, Zélia mostrou um pouco de tudo que fez nestes 30 anos de carreira: desde "Não vá ainda", (tem uma gravação do Milton Guedes dessa música que também é linda)  até as músicas do ultimo CD lançado "Pelo Sabor do gesto".
E que banda!!!!
Na bateria uma catarinense, prata da casa cheia de talento, não é à toa que está em uma banda poderosa como esta.


                     Foto: Franco Rodrigues

Além das músicas dela, Zélia homenageou ídolos para que nunca morram, como ela mesmo disse: Cazuza, Renato Russo e Cássia Eller e foi na homenagem a Cássia Eller, olhando pro céu e fazendo o pedido "vamos cantar pra ela" que o coro das milhares de pessoas ganhou uma força linda.

Outro momento emocionante aconteceu na música "Verbos". Zélia explicou que fez essa música depois de ter recebido um e-mail de uma pessoa explicando que estava traduzindo as músicas dela para a linguagem gestual e isso a deixou muito feliz. Quando começou a cantar um rapaz inciou a liguagem dos gestos na platéia. Zélia chamou ele pro palco e com um gingado lindo cantou ao lado de Zélia na liguagem dos gestos.                   
Foi emocionante... na ultima parte Zélia largou o violão e ao lado do ilustre rapaz anônimo, também cantou em pura voz e gestos.  Sensibilidade dos grandes!

                      Foto: Paula Borges

Zélia ganhou muitos presentes dos fãs. Foi uma troca de carinho enorme!

 
 
                       Foto: Ligia Gastaldi

Show termina e o bis acontece com mais tres músicas, poderia ser tudo de novo porque quem estava ali não viu o tempo passar.
Uma grande tarde de domingo!

No fim de tudo Zélia recebeu várias pessoas na tenda que abrigava o camarim. Fui lá agradecer, momento fã !!!!


                          Foto: Franco Rodrigues

No dia seguinte, em resposta a uma foto publicada por mim no twitter Zélia respondeu;
"zdoficial Zélia Duncan @LigiaGastaldi - Vou lembrar por muito tempo!"
Quem estava lá  também Zélia.


No próximo domingo Dazaranha no palco da Brava, 17 hr em ponto, como sempre, outro ponto positivo para Paula Borges e sua equipe: pontualidade!!!
E o show da Dazaranha encerra essa temporada! Poderia ser uma temporada mais longa porque nossa ilha pede cultura assim, "de gratis", na beirinha do mar!!!!

2 comentários:

Tereza Cristina disse...

Nossa! Adorei o post, Zélia Duncan MPB, é rock, é Samba, é choro ... é música de verdade e ela é unica!
Muito bom se deixar levar por suas músicas e emoções no show e logo após ser recebida com um sorriso lindo no camarim!
Grande artista!

Solange Paraíso disse...

sei bem do que você está falando... Apesar da minha descoberta de Zélia (como fã incondicional) se dar há uns 3 anos,eu sempre tive a suas músicas permeando minha vida. Aí, já completamente apaixonada por sua obra e seu carisma, fui a uma noite de autógrafos e a um show em Recife. Foi puro êxtase! bendita seja!