domingo, 5 de dezembro de 2010

Vinícius de Moraes e sua sabedoria!!!

Uma noite de sábado em casa na melhor companhia: música e meus animais!!!
Aí me lembrei de Vinícius de Moraes e lembrando dele me lembrei de um artigo que li da Martha Medeiros...e resolvi transcrever aqui uma parte dele...

[...]"Vai, vai, vai...amar/vai,vai,vai...chorar/vai,vai,vai...sofrer". É o "Canto de Ossanha" lembrando que a gente perde muito tempo se anunciando, dizendo que faz e acontece, quando na verdade tudo o que precisamos, ora, é viver.
      Pois é. Mas, detalhe: não vive quem se economiza, quem quer felicidade parcelada em 24 vezes sem juros. Aliás, ser feliz nem está em pauta. O que está em pauta é a busca, a caça incenssante ao que nos é essencial: ter paixões e ter amigos. O grande patrimônio de qualquer ser humano quer ele perceba isso ou não.
      Pra acumular esses bens, Vinicius seguia um itual: zerava-se. Começava e terminava um casamento. Começava e terminava outro. Começava e terminava uma vida em Paris, uma temporada em Salvador. Renovava seus votos a cada dia. Se já não se sentia inteiro num amor ou num projeto, simples: ponto final. Tudo isso, diga-se, a um custo emocional altíssimo. O simples nunca foi fácil, muito menos para quem possui um coração no lugar onde tantos possuem uma pedra de gelo. As pedras de gelo de Vinícius estavam onde tinham que estar, no seu cachorro engarrafdo, e só."[...]
  
Gosto do olhar da Martha para as coisas do dia a dia. Colunista do Jornal Zero Hora e Folha de São Paulo, ela traduz o cotidiano de uma forma direta e clara. Adoro!
Assim como adoro essa leitura dela para Vinícius, um dos maiores poetas da nossa MPB e que tem coisas lindas como o "Soneto da infidelidade" e coisas além!
E vida a vida...vivida na sua intensidade sincera! Fecho com Vinícus!!!!

4 comentários:

Don Mattos disse...

Minha querida madrinha, já pensaste na possibilidade de colocar uma letra clara, neste fundo escuro?

Beijo

Ligia Gastaldi disse...

Meu querido afilhado...gosto de variações, mesmo que isto custe aos olhos dos leitores rsrsrs...é uma questão de espírito diário...entendeu???? bj pra ti!

Anônimo disse...

Belo comentário!!!
E VIVA VINÍCIUS!!!! Que nos deixou um trabalho BELÍSSIMO...
Beijos,
Juliano Gastaldi

Márcio Kindermann disse...

Queria comentar o texto, mas me perdi em tantos pensamentos, agora o fato é que adoro Vinicius, acho a Martha extremamente lúcida em seus textos e poemas e vc é uma pessoa que guardo para sempre em meu coração.
Bj meu
mk