segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Paul McCartney - Inexplicável!!!!

O segundo show da minha vida...sim porque o primeiro foi com o mesmo Paul McCartney há 17 anos!!!!

A música sempre me emociona, mas é louco como alguns artistas me emocionam especialmente. Eles tem a chave que liga a torneira interna aqui e aí parece que o coração sai pela boca. Paul é assim...claro tem a historia de ser um Beatle, mas ele passa uma coisa tão digna e tão boa que não há explicação. Suas composições refletem isso e batem fundo, na alma mesmo!

Ontem vivi esses momentos de emoção inexplicável (ou explicável) afinal era o Paul ali na minha frente e cantando um set list fantástico (o que em se tratando dele não é lá muito dificil).

Chegamos em Sampa na sexta a noite: eu, Regina, Paulinha e Israel. No sábado, quando fomos pegar os ingressos já deu pra sentir a organização do show. Sem filas, rapidinho e estávamos nós com os ingressos na mão.


No domingo, nos juntamos ao Mauricio,  Ariela, Kika e Dayani e chegamos no Morumbi duas horas antes do show...estávamos na pista Prime. E mais uma vez a supresa: sem filas e o lugar maravilhoso...poucos metros do palco. Olhar aquele estádio lotadaço, várias olas rolando já dava uma emoção...já chorei na entrada rsrsrsrs
Encontramos Lenine, sempre uma simpatia.


E lá estávamos nós a espera de Sir Paul.

Os avisos de segurança, a presença dos técnicos no palco já provocava uma vibração geral na galera...15 minutos antes começou a rolar no telão colagens e videos que ajudou a fazer uma viagem pela carreira de Paul McCartney.

E quando terminou o video eis que entra Sir Paul...com a humildade dos grandes, fazendo gestos de agradecimento àquela multidão ali presente e logo começou o show com Venus and Mars... aí foi um abraço na emoção.


Três horas de show...sim tres horas e o homem lá inteiro, feliz e com uma banda fodástica! O batera em especial: além de cantar muito bem, toca muito e dança até a coreografia da macarena...rsrsrsrs

No set list músicas do Wings banda que Paul formou depois que Beatles acabou e que eu amo! "Letting Go" me fez chorar muito...uma das ... porque foi um oceano de lágrimas...minha nossa...fui ficando debilitada, dores pelo corpo inteiro, cabeça pesada de tanto chorar, foi a maior emoção nos meus ultimos anos, sem dúvida.
Logo nas primeiras músicas ele interpretou "The long and Winding Road" e o mar de lágrimas escorrendo...
Paul lembrou de Linda na música "My Love", e disse em portugues com aquele sotaque inglês digno: "essa música eu fiz pra minha gatinha Linda. Mas hoje eu dedico ela para todos os namorados"!!! 
Homenageou Lennon com "Here Today" música que ele fez para o amigo e cantava olhando pro céu...caraca, desabei...desabei também com a homenagem ao George Harrison na música "Something" com imagens dos dois juntos no telão do fundo do palco...como não desabar?

Leti It Be, Hey Jude, Lady Madonna, I've Gotta a Feeling, Live and Let Die e seus fogos...foi tudo divino.
Outros momentos de pura emoção e lágrimas foram ver e ouvir Paul cantando "Eleanor Rigby" adorooooo e ainda a interpretação de Blackbird e Yesterday sozinho com seu violão!!!
O fã clube também organizou via twitter uma demonstração de carinho pedindo que as pessoas levassem balões brancos para enchê-los e soltá-los em "Give Peace a Chance" e assim foi feito...foi um momento maravilhoso.

O baixista Brian Ray registrou em seu Twitter " @brianrayguitar: Sao Paulo.. I'll never forget your beautiful smiles and tears.. and 60,000 white balloons!" . Lindo demais mesmo!!!
Dava pra perceber também a emoção de quem estava no palco e por mais que eles devam ter esse retorno por onde passam, receber esse carinho todo é sempre uma emoção.
Para encerrar uma chuva de papel picado verde e amarelo.



Quando o show terminou me joguei no chão...fiquei lá deitada tentando entender tudo aquilo e dando um descanso para meu corpo que quase não aguentou tanta emoção.

Hoje, um dia depois, ainda tenho dores pelo corpo e uma dor de garganta chata de tanto que eu berrei e cantei.

É inexplicável, não dá pra traduzir em palavras...e se eu continuar escrevendo aqui vou ficar repetitiva. Como diz aquele sábio anônimo: emoção é pra ser sentida e não explicada!!! rsrsrsrs

Sair do estádio e caminhar até o shopping Butantan onde deixamos o valente carro do mauricio que carregou 8 malucos pela São paulo enlouquecida, foi um ato de coragem. Só consegui subir a rampa da garagem graças a ajuda da incansável Kika!!! Valeu a força Kika! E olha a gente acabada aí...

Valeu também meus amigos: Eveline Bittencourt que me levou e me buscou no aeroporto, grande força!!!
 Zé Brites e Rafa Dias (que não pôde ficar em Sampa por causa dos trabalhos na MTV)  pela hospedagem e pelo carinho!!!
Fábio Della que foi nos buscar no aeroporto e foi nosso cicerone nos almoços e jantares e passeios por Sampa, obrigada mesmo Della!!!!
E aos meus queridos companheiros de show: Regina, Mauricio, Ariela, Kika, Paulinha e Israel e ainda Day que graças a insistência do Mauricio acabou indo batalhar seu ingresso lá no morumbi e conseguiu eeeeeeee

É isso: os grandes momentos da vida da gente sempre são assim: regados a boa música e a amigos maravilhosos!!!!!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Você conhece o Darci????

E depois de uma noite de sábado com Dazaranha no Floripa Music Hall, meu domingo foi para tomar mais uma boa dose de arte com a família Costa.
Meu destino foi a festa "open bar do Darci"... os manezinhos estão ficando espertos nesse negócio de festa "Open Bar" !!!!


Tio Amaro, eu e Moriel incorporando Darci
Foto de Ana Corina


Darci, é o manezinho interpretado por Moriel da Costa, sim ele mesmo, o Moriel da banda Dazaranha. 
E assim como na música ele se inspira nas coisas da ilha para criar o Darci. Tirou elementos da convivência com seus parentes, vizinhos e amigos. O Darci é aquele manezinho cheio de causos: alguns curiosos, outros inacreditáveis!
A idéia surgiu e Moriel apresentou para a Rede Atlântida FM que logo adotou e passou a divulgar as histórias do Darci em pílulas distribuidas durante a programação. O sucesso é tanto que Moriel decidiu levar Darci para o palco.
No formato Stand Up Comedy, ele conta por mais de uma hora, as peripécias de Darci, sua mãe, seu amigo "Ganiza" e vários outros parentes que entram nos causos
Moriel é novo na arte de assumir o palco como ator, por isso foi corajoso. Ele tem um diferencial: o conteudo não é pronográfico e muito menos apelativo. Ele  trabalha com a ingenuidade do típico manezinho. Uma inocencia que chega a ser cômica.
Sem dúvida, uma grande sacada e muito bem interpretada por Moriel.
Vale conferir!!!
George, da Atlântida, já me garantiu que não vai parar por aí...em breve teremos Darci pelos bares.
Vamos esperar!
E mais uma vez parabéns Moriel...és um monstro! 

domingo, 14 de novembro de 2010

Dazaranha lota o Floripa Music Hall

Noite de Folianópolis na ilha...hã??? Folianópolis??? Nada, sábado foi a noite de Dazaranha na ilha!!!
A banda catarinense mais uma vez mostra porque está há 18 anos nos palcos: lotou o Floripa Music Hall para o show de lançamento do primeiro DVD da banda.
Foi lindo.
Bola e Helton Luiz, da Atlântida FM, apresentaram a banda e pediram para o publico cantar e chamar os músicos. Ao som das vozes cantando Vagabundo Confesso a banda subiu no palco e a partir daí foi aquela catarse toda. Mais de duas horas de show. Simbiose total entre público e banda...um repertório que contempla todas as fases desses 18 anos de sucesso com direito a show alucinante de capoeira de Moriel e Jerry.
É muito bonito ver uma banda com tanto tempo de estrada e ainda tendo prazer de estar ali: um com outro. São 6 integrantes, mais uma equipe afinada por trás do palco, mais o trio de metais, e um único astral: o astral do bem.
Sempre saio dos shows do Daza recarregada de energia. Ontem foi uma dose cavalar!
E o Tio Amaro deu um show no camarote...Rafinha, Seno, Seu Juca, Marcinho, Jamara...toda a familia curtindo! Muito bom!!!!
No bis, a música que sempre digo é uma benção à ilha, uma das mais belas composições do Moriel: "Cama Brasileira"! Linda...sempre!!!
Obrigada à familia Dazaranha pelo exemplo e persistência!
Ver aquela casa lotadaça...a fila gigante para chegar, a muvuca lá dentro é a certeza de que música boa tem vida longa!
Amo Vocês!

domingo, 7 de novembro de 2010



E o Paul está em POA!
E falta menos de 1 mês para eu vê-lo novamente!
E meu coração está saltando pela boca...
E apesar de eu gostar de muita coisa na música, nada me emociona tanto quando os Beatles e os Rolling Stones..
E destes dois os Beatles ganham disparado..
E eu não consegui ver John Lennon e George Harrison ao vivo, talvez por isso, ver Paul McCartney mexa tanto comigo...já estou que é pura emoção
E pra "adrenalizar" ainda mais esta emoção, minha amiga Ariela me liga, diretamente da passagem de som e só ouço aquela voz cantando
"Yesterday
Love was such an easy game to play
Now I need a place to hide away
Oh, I believe in yesterday"Perdi a voz na hora...minha nossa, nitido...ali ao telefone Paul passando o som em Porto Alegre!!!

Inexplicável essa emoção...

No dia 05 dezembro de 1993 assisti ao primeiro show de um Beatle: Paul cantou em Curitiba, na Pedreira!
E lembro muito bem dos detalhes: quando começou a rodar um video de abertura, mostrando momentos dos Beatles, parecia que eu tinha entrado num sonho...e me senti assim durante todo o show.
Eu e minhas amigas fizemos um bate e volta. Voltei dirigindo e anestesiada com o que eu tinha vivido.

Agora, menos de um mês, para eu viver isso de novo. Estarei lá, na frente do palco de um beatle novamente!!!
Desta vez ele vai nos privilegiar com os sons do Wings, banda que ele formou depois que saiu dos Beatles e que eu amoooo...além disso poderá tocar "Two Of Us" dos Beatles, entre tantas outras...mais uma vez vai ser inexplicável....

Então seja bem vindo Sir Paul McCartney!!!!

E Ari, obrigada pelos segundos de emoção profunda!!!!

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Black Eyed Peas em Floripa!!!

Não foi um show pra chorar, foi um show pra ficar de boca aberta, queixo caído, com tanta tecnologia e plasticidade no palco!
Na real, acho que só não cai no choro porque não tenho lá muita intimidade com o trabalho do Black Eyed Peas. Não é o tipo de música que ouço em casa, mas adoro ouvir na academia ou em uma festa pra dançar...então só conheço os sucessos mesmo!
Formada em 1995, a BEP faz um hip hop dance...já esteve em Floripa há alguns anos, mas foi um show tímido, sem grandes produções e nem um grande público.
Mas, desta vez, o show em Floripa marcou! E como!!


Um palco gigante, em uma das goleiras no Estádio Orlando Scarpelli, com  a banda no andar de cima, e Will.I.Am, Apl.de.ap, Taboo, e Fergie passeando por todos os níveis do palco e pelas passarelas...levando o público ao delírio.
Chegaram bem próximo a quem estava ali na frente...
vibraram e colocaram o nome da cidade em 90% das músicas...a toda hora eles falavam "Floripaaaaa", elogiaram muito a beleza das mulheres, a cidade e o Brasil.








Fizeram uma homenagem ao país,
chamaram as mulatas da Escola de Samba Consulado de Floripa  para dividir o palco com
eles,









e colocaram as cores do Brasil no palco.



 Palco que a cada música ganhava novas referências gráficas.
















A Fergie canta muitooooo!



















Show de luzes....


E muitas surpresas como a aparição dos músicos em um elevador diante da plateia.


No fim....a reverencia à bandeira do País que os recebeu muito bem....


e Na hora do hit "I Gotta a Feeling" chuva de papel picado!


Foi uma noite pra deixar bem claro que Floripa pode sim receber shows grandiosos...basta iniciativa e vontade!
Parabéns à organização...e um parabéns especial para Giuliana Korzenowski que comandou a assessoria de imprensa com uma organização impecável!
Decididamente Floripa acordou do marasmo nesta noite!
E em janeiro tem mais...vem aí Amy Winehouse!

**Em tempo: as fotos são minhas...por isso estão longe de ser algo assim maravilhoso  rsrsrs