terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A árvore da discórdia.

Então, na sexta feira passada, no programa Conversas Cruzadas da TVCOM, colocamos o vereador João Amin e o Secretário de turismo da Capital Mário Cavalazzi frente a frente para discutir o assunto: preço abusivo, contrato sem licitação envolvendo a árvore de natal de Floripa.
Um belo debate que mostrou como a prefeitura tem tratado as questões da cidade.
Não quero aqui discutir o oportunismo ou a falta de responsabilidade. O fato é que o secretário não conseguiu explicar nada e ainda se enrolou ao dizer que não é verba pública e sim de patrocinadores...como assim? Se é pela lei de incentivo fiscal claro que é verba pública. É dinheiro de impostos que o patrocinador deixa de pagar para a prefeitura ou seja: verba pública! O patrocinador, segundo o secretário, custou a parecer porque, segundo o secretário, quando é verba alta eles não querem aparecer...como asim (de novo)?  Então a empresa vai lá paga uma verba altíssima e não quer aparecer? 
Não convenceu. Ficou no ataque direto ao seu adversário que até pouco tempo era aliado...política né? Temos que levar isso mais a sério meninos!


A cidade carece de infra estrutura turistica, editais culturais aprovados e divulgados não foram pagos.
É triste ver esse debate para discutir uma árvore que não precisava ter existido. Ou se fosse prá fazer, que fosse de uma forma legal em uma cidade com capacidade para isso. 
Mas Floripa está cada vez mais caótica, um trânsito insuportável...imagina o verão...vai ser um inferno. E para isso, nem sempre se tem verba, não é?


Como resposta a prefeitura cancelou a programação de natal dizendo que sem pagamento não tem como. Só que o contrato que se discute é o da árvore de natal e não das atrações. É uma tentativa clara de colocar a população desavisada contra as medidas da justiça. Não vai funcionar.



No fim a árvore de natal (que prá mim é feia e sem apelo natalino nenhum) se transformou em um grande cavalo de tróia para a administração atual.
Vamos ver onde tudo isso vai acabar. E eu espero que a memória do eleitor não seja curta...é o que eu sempre falo: temos que aprender a votar!!!!!

2 comentários:

carmona disse...

essa árvore gerou tanta frustração e desilusão que chego a sentir saudade da Dona Angela (tu vêx!!). Não sou partidária, nem faço campanha contra ou favor deste ou daquele político, mas que Floripa anda "nas trevas" há 07 anos, isso é visível. A ilha tem potencial demais (e digo também econômico além de ambiental, social, cultural, artístico, etc). Não dá pra se conformar entregando a cidade nas mãos de gente que só vêem cifrões na frente.

... disse...

Chefa, a gente que trabalha nessa área de mídia vê coisas ao vivo que parecem piada.
Por exemplo... Você comentou que o Secretário só atacou o seu adversário político certo?
Quer apostar quanto que depois do programa eles combinaram uma cervejinha no boteco do seu João alí na esquina?
Pra resumir: TUDO FARINHA DO MESMO SACO! SEMPRE!
E tenho dito!

Grande Beijo!