quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Chuva??? Que chuva????


Acordamos hoje apreensivos...eu e os fãs mais fãs da banda Aerocirco: será que vai ter show? No meio da manhã Paulinha, a Borges, produtora do Floripa Tem manda um recado: tenho capa de chuva para todos! Oba!!! Vai ter show. E lá fui eu para a beira mar naquele fim de tarde onde chuvia e fazia sol.
O show começa e o tempo parecia se segurar. Era um tal de coloca capa de chuva, tira capa de chuva...coloca capa de chuva tira capa de chuva. Um calor infernal e o show rolando com o maior público do Floripa Tem nos eventos da beira mar. Aerocirco no palco e seus fãs fazendo a festa.
Foi um showzaço...sou suspeitíssima prá falar, mas ... eles são foda! E nesta quarta o show lavou a alma e o corpo literalmente porque quando atacaram de "Tarde Demais" o céu não segurou mais e veio a água, mas quem se importava...foi um show prá ficar na memória e na história desses meninos que vão muito longe ( mas estão proibidos de nos abandonarem).
Parabéns a eles, mais uma vez. Que não demorem a tocar na capital novamente.
Paulinha, minha amiga, parabéns mais uma vez! Floripa Tem é vc.

Hora do xingamento!
Duas coisinhas: primeiro - quando nossos governantes e aqui leia-se prefeitura vão acordar para a cultura da nossa cidade? Para um turismo profissional? Um evento como o Floripa Tem era para ter TOTAL apoio do poder público. Não precisaria gastar dinheiro nenhum que não fosse aquele que nós pagamos nos impostos. Dar segurança e infra estrutura é obrigação. Nem cercas de proteção ao público deixam colocar! Ao contrário: limitam o horário do evento às 20:30, não ajudam em nada e ainda dificultam. É uma vergonha para uma cidade que se diz turística. Música ao ar livre deveria ser inciativa da própria prefeitura. E quem estava lá hoje vai entender: mesmo com chuva, a tarde estava deliciosa, cultura de graça, caraca...será que é tão difícil de entender? É povo, vamos aprender a votar, já está mais que na hora.
Segundo - Maurício lembrou muito bem durante o show: a MTV esteve ou está na ilha gravando programas em Jurerê internacional (isso há mais de um mês), pois não tiveram a dignidade de convidar músicos catarinenses, inlcusive do Clube da Luta, movimento que eles alardearam apoiar, para participar de pelo menos UM programa. Chegam aqui, se instalam em jurerê Internacional, trazem os artistas de fora e fingem que isso é Floripa. Eles não sabem nada. Nesta hora sou a favor de uma lei que defenda a cultura local: quer aproveitar o "cenário" da ilha, vai ter que valorizar o que é nosso de verdade. Mas como lei não funciona...então vamos ter que aprender a reagir de outra forma.
Sou otimista: um dia isso muda!!!!

Um comentário:

Fabiana Lazzari disse...

simmmm...foi um showzaço!! maravilhoso...e só se viam os sorrisos de todos que presenciavam e curtiam o som do Aerocirco.
E concordo contigo...tudo o que falaste nas criticas produtivíssimas!
mas...sabes que existe uma mobilização cultural acontecendo em prol da cultura...o triste é que tem muito pouca gente integrada! Até foram na assembléia no dia de votações de alguns projetos que só acabariam com a cultura local! mas vão ter que entra com uma liminar.
bom..mas o importante é fazer esta mobilização para ver se mudamos algo né!
bjins gata!