domingo, 29 de junho de 2008

Acústico Brognolli - emoção pura!!!


Esta semana aconteceu a quarta edição do Acustico Brognolli e mais uma vez surpreendeu: Os clássicos de Santa Catarina. Guinha Ramires arrasou com arranjos maravilhosos para músicas que marcaram época no nosso Estado.

Na banda base só monstro: Eduardo Pimetel (guitarra), Rafhael Callegari (baixo), Alexandre Damaria e Rodrigo Poeta (percussão), Léo Piovezani (bateria), Diego Carqueja (teclados), Nelson Vianna (teclados) e é claro Guinha Ramires (violão e arranjos).

Eu fui convidada a apresnetar...minha nossa, me senti muito honrada, mas não consegui controlar meu nervosismo e minha emoção...foi lindo demais e dá um orgulho imenso em ver um espetáculo tão bem produzido pela Eveline Orth e sua equipe em homenagem a nossa música. Prá quem ama a música e é fã do som catarinense como eu, é muita emoção!!!

Bom, mas deixa eu falar do show.

Tribo da Lua abriu o show. Guilherme Ribeiro interpretou a música que ficou com aquele ar de Pink Floyd...sei lá...uma coisa louca. Gazu veio em seguida e cantou "Ei Muleque" e a partir daí a viagem foi cada vez para mais longe: Luiz Henrique Rosa interpretado por Gustavo Barreto que incorporou a música "Jandira" de um jeito que foi lindo de ver. "Barra da Lagoa" do Neco, conhecida pelo Grupo Engenho, ganhou uma versão quebraceira.

Ainda teve nosso "Rancho de Amor a Ilha" interpretada por Karina K, Primavera nos Dentes cantada por vários e comandada por Natascha...enfim...foi um passeio pelo tempo com estilo.

Foi também a noite de conhecer a obra de mais um catarinense ilustre "Orlandivo". Nelson Vianna interpretou lindamente. Agora Nani Lobo está entrando em contato com Orlandivo para que ele venha fazer show na terrinha dele. Orlandivo é de Itajaí, se criou no Rio de Janeiro, compos clássicos como "Vô bate, pá tu" que tocou muito na Europa...e nós aqui pouco o conhecemos. Tomara que ele venha logo.

A noite terminou com Paula Lima dando um show de musicalidade e simpatia e na hora do Bis Paula e Guinha puxaram "Certos Amigos" do Grupo Expresso Rural. Foi lindoooooo...todos voltaram ao palco e uma vocaleira dos infernos...uma homenagem a Márcio Correa, tecladista do Expresso que já foi para o outro lado da vida...todos terminaram a música à capela com os músicos abandonando seus instrumentos e junto com os intérpretes descendo as escadas de encontro ao público. Saíram do teatro cantando, batendo palmas, sendo acompanhados de pá pelo público. Quer mais??? Só no ano que vem!!!

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Festival de outono na lagoa e um pirão delicioso!


Domingo de sol e aquele friozinho...lá fomos nós para a Lagoa conferir o Festival de Outono!

Chegando lá resolvemos almoçar e fomos parar no "Oliveira", um dos restaurantes mais antigos da Lagoa, senão o mais antigo. Já está na terceira geração e é incrível como conseguem manter a qualidade. Foi lá que saboriei o pirão mais gostoso da ilha, feito na mesa, ao vivo, pelo figuraço "Piá".

Piá, trabalha ali há mais de trinta anos e é de uma simpatia invejável, ainda mais numa ilha que estamos tão acostumados a ser mal atendidos.

Saímos de lá bem alimentados e com aquela sensação que essa ilha tem lugares que não podemos deixar de conhecer.

Bom, depois fomos para a pracinha da lagoa e lá vimos os shows da Maltines e da Andrei e a Baba do Dragão de Komodo!!!
Muito legal a iniciativa de se fazer este festival. Teatro, música, conscientização ao ar livre. Para todos. Devia ser sempre assim.

Infelizmente nossos políticos não se dão conta que cultura é uma grande inciativa.

Portanto, quem não foi e tiver a oportunidade, vá.

O Festival ainda acontece nos próximos dois finais de semana. Tem atividades o dia inteiro e a partir das 16:30, 17 horas tem shows musicais ao ar livre, de graça!!! Agendem-se e aproveitem o que nossa ilha tem de melhor: música e pirão de peixe ou camarão...êta coisa boa!!!!